Fale Conosco

(11) 4839-0230

Como Investir Em Mercados Globais por Hugo Roca

Investir diretamente em mercados internacionais nunca foi tão acessível quanto nos dias de hoje. Graças aos avanços das plataformas de investimentos globais, os investidores conseguem em poucos clicks abrir sua conta, enviar a remessa de câmbio (geralmente Dólar) e negociar mais de 7 mil ativos de Bolsa nos Estados Unidos, por exemplo. O universo de possibilidades também contempla uma ampla gama de ativos como títulos de renda fixa (Bonds e Títulos do Governo) além de fundos de investimentos internacionais.

Segundo Hugo Roca, sócio da Nortus e responsável pela frente de investimentos internacionais, a diversificação geográfica continua sendo uma das principais estratégias para mitigar os riscos relacionados ao cenário local.  Além disso, a diversificação direta em ativos internacionais, também possibilita que o investidor fique protegido de uma depreciação do Real. Se compararmos nossa moeda com o dólar americano, uma das moedas mais fortes da economia mundial, ao investir em ativos “dolarizados”, o investidor se protege de uma eventual desvalorização cambial, conclui Hugo Roca.

Uma das facilidades das plataformas globais é o acesso de forma organizada e transparente aos resultados da carteira do investidor. A interface é amigável e as ferramentas de análise oferecidas facilitam a tomada de decisões, mesmo para aqueles que são novos no mundo dos investimentos globais.

Outro benefício oferecido pelas plataformas é a possibilidade de utilizar um cartão de débito internacional vinculado à conta de investimento no exterior. Em comparação com um cartão de crédito internacional, o cartão de débito proporciona maior controle financeiro, uma vez que os gastos são diretamente debitados da conta do investidor. Isso ajuda a evitar dívidas acumuladas e oferece uma maneira mais segura de realizar transações internacionais, sem se preocupar com taxas de conversão de moeda ou possíveis taxas e tributos que usualmente existem quando se usa o cartão de crédito em transações internacionais.

É muito importante que o investidor busque informações sobre as plataformas de investimentos globais, conheça bem os serviços oferecidos e o nível de informação disponível para qualquer tomada de decisão. Vale destacar que pela legislação brasileira, as assessorias de investimentos não podem recomendar produtos internacionais para os clientes.

Neste caso, o Assessor de Investimentos pode auxiliar o cliente apresentando o serviço, comentando a importância de ter uma exposição internacional na carteira e ajudar o cliente com as questões operacionais, como abertura da conta, processo de câmbio e o acesso às informações que devem guiar as decisões de investimento do cliente.

 

Hugo Roca

 

Este material tem caráter meramente informativo e não deve ser entendido como uma recomendação de qualquer ativo financeiro ou investimento.

Quer saber como começar a aumentar seu patrimônio?

Deixe seu contato e nossos assessores retornarão em breve para um atendimento personalizado.